sábado, 30 de julho de 2016

Dia 20

Efésios 4:31
Perguntas para reflexão:
Você se sente culpado por um linguajar crítico e hostil? Você discute e briga com os outros? Você se irrita e fica mal-humorado facilmente? Você levanta o tom de sua voz rapidamente? Suas palavras refletem um ódio latente ou impaciência com aqueles que estão ao seu redor? Você fala de modo grosseiro com seus familiares? Você se sente culpado por fofoca ou difamação? Você fala mal dos outros por trás deles? Peça perdão e abandone esses pecados.

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Dia 19

I Coríntios 10:10; I Tessalonicenses 5:18
Perguntas para reflexão:
Você se aflige e reclama de situações em sua vida? Você falha em ser grato em todas as situações e por todas as coisas? Você está cheio de uma atitude de gratidão e louvor ou de queixas e reclamações? Você se desculpa da murmuração dizendo: “Eu tenho uma boa razão para reclamar”? Você sempre olha o lado ruim das coisas? Você confia que Deus pode dar uma alegria sobrenatural ou você se rende à murmuração e à reclamação.

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Dia 18

Colossenses 3:9
Perguntas para reflexão:
Você tem o costume de mentir? Você exagera quando conta alguma coisa só para aparecer? Você se sente culpado por algum tipo de tapeação que tenha feito? Você já enganou pessoas ou instituições? Você tem cumprido suas promessas, votos e compromissos feitos a Deus e aos outros? Suas palavras são confiáveis, ou você tem sido irresponsável no seu falar? Você faz bem menos do que disse que iria fazer? Se for assim, isso revela um problema de integridade. Deus odeia a mentira e a inconsistência. Confesse esses pecados.

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Dia 17

●Pecados de palavra

Efésios 4:29; Efésios 5:4
Perguntas para reflexão:
Você usa gírias que são impróprias? Você usa o nome de Deus de outras maneiras além de adoração, honra e louvor?  Você participa de rodinhas de piadas ou conversas apimentadas? A imundícia da sociedade tem se infiltrado em seu modo de falar? Você tem usado a expressão: “Juro por Deus” para enfatizar o que você está dizendo (Mt 5:37)?  Examine honestamente suas palavras, seu linguajar e peça perdão a Deus. Diga especificamente que palavras você tem usado.

terça-feira, 26 de julho de 2016

Dia 16

I Timóteo 6:6,8; I João 2:15,16
Perguntas para reflexão:
Você mal entrega seu dízimo, embora pague juros enormes aos credores? Nas suas compras, você é mais motivado pela ganância ou busca a direção de Deus? Sua história financeira reflete princípios bíblicos de ausência de dívidas e de um jeito simples de viver? Suas dívidas têm feito você deixar de pagar contas e, portanto, denegrido o seu testemunho cristão? Você cobiça coisas? Você está disposto a viver com menos para adotar um modelo mais centrado em Deus para suas finanças? Suas dívidas estão desgastando o seu casamento? Você pode realmente dizer que “Jesus está no controle dos seus desejos e finanças”? Você ora sobre decisões financeiras ou se deixa levar pelo materialismo do mundo?

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Dia 15

I Coríntios 13:4-7; Mateus 5:44
Perguntas para reflexão:
Você responde com amor e perdão quando alguém lhe fere? Você procura fazer o bem àqueles que lhe fazem mal? Você está carregando uma caixinha de queixas contra amigos e familiares no seu coração? Você fica remoendo decepções com filhos e esposa? Você não se deixa ser bondoso para com eles porque eles “não merecem”? Usa o “tratamento do silêncio” com eles? Você já decidiu amar sua família com o amor incondicional de Cristo?

Áudio reunião de domingo 24/07/16 - Quente ou Frio, morno jamais!

Para ouvir a mensagem clique aqui

domingo, 24 de julho de 2016

Dia 14

Efésios 4:2
Perguntas para reflexão:
Você tem um espírito manso ou é argumentativo e contencioso? Você é crítico ou mordaz com relação aos outros? Você é insensível com sentimentos e necessidades dos outros? Você procura razões para ficar “pegando no pé” dos outros? Você se zanga com facilidade e diz o que lhe dá na cabeça? Os outros acham que você tem um espírito manso e quieto? Você é rápido em apontar os defeitos e fraquezas dos outros? Você se desculpa dizendo: “Eu não posso fazer nada, eu sou assim, é a minha personalidade”? Um espírito manso e quieto tem grande valor para Deus (I Pe 3:4). Peça perdão e procure maneiras para mudar atitudes, especialmente com sua família.