domingo, 18 de dezembro de 2016

Culto 04.12 Bênção ou Maldição

O que você escolhe, as bênçãos ou maldições?
Clique aqui e ouça a mensagem que Deus tem para você.

domingo, 4 de dezembro de 2016

domingo, 16 de outubro de 2016

FESTA DOS TABERNÁCULOS

FESTA DOS TABERNÁCULOS

16 a 23.10.2016

INÍCIO: 19 HORAS (16.10)

A Festa dos Tabernáculos (Sucôt ou Cabanas)

Dentre as três grandes festas comandadas por Deus, a Festa dos Tabernáculos é a de  maior significado profético para nós cristãos. É comemorado no décimo-quinto dia do mês de Tishri, duas semanas após Rosh Hashanah e, usualmente, cai final de Setembro ou princípio de Outubro.

SIGNIFICADO HISTÓRICO 

“Disse mais o Senhor a Moisés: Fala aos filhos de Israel, dizendo: Aos quinze dias deste mês sétimo será a Festa dos Tabernáculos ao Senhor, por sete dias. Ao primeiro dia haverá santa convocação: nenhuma obra servil fareis. Sete dias oferecereis oferta queimada ao Senhor; no dia oitavo tereis santa convocação, e oferecereis ofertas queimadas ao Senhor; é reunião solene, nenhuma obra servil fareis."

Porém aos quinze dias do mês sétimo, quando tiverdes recolhido os produtos da terra, celebrareis a festa do Senhor por sete dias; ao primeiro dia, e também ao oitavo, haverá descanso solene. No primeiro dia tomareis para vós outros fruto de árvores formosas, ramos de palmeira, ramos de árvores frondosas, e salgueiros de ribeiras; e, por sete dias, vos alegrareis perante o Senhor, vosso Deus. Celebrareis esta como festa ao Senhor por sete dias cada ano; é estatuto perpétuo pelas vossas gerações; no mês sétimo a celebrareis. Sete dias habitareis em tendas de ramos; todos os naturais em Israel habitarão em tendas; para que saibam que eu fiz habitar os filhos de Israel em tendas, quando os tirei da terra do Egito: Eu sou o Senhor vosso Deus”. (Levítico 23.33-43).
A festa dos Tabernáculos ou Festa da Colheita era originalmente uma festa agrícola, assim como a Páscoa e Pentecoste. Apesar disso Deus lhe atribui um significado histórico: a lembrança da peregrinação pelo deserto e o sustento pelo Senhor. A fragilidade das tendas que o povo construía era uma lembrança da fragilidade do povo quando peregrinava os 40 anos no deserto a caminho da Terra Prometida.
A palavra “tabernáculo” origina-se da palavra latina “tabernaculum” que significa “uma cabana, um abrigo temporário”. No original hebraico a palavra equivalente é Sucá, cujo plural é Sucot.
A Festa dos Tabernáculos durava uma semana e durante este período habitavam em tendas construídas com ramos.
É um tempo de regozijo e ação de graça.
Posteriormente, na história judaica, a Páscoa, Pentecoste e a Festa dos Tabernáculos são chamadas no calendário judaico de Festas de Peregrinos, porque nestas três festas era exigido que todo homem judeu fizesse uma peregrinação até o Templo de Jerusalém. Nestas ocasiões o povo trazia os primeiros frutos da colheita da estação ao Templo, onde uma parte era apresentada como oferta a Deus e o restante usado pelas famílias dos sacerdotes. Somente após essa obrigação ser cumprida era permitido usar a colheita da estação como alimento.
A ordenança de Deus para que o povo habitasse em tendas traz conotações de caráter moral, social, histórico e espiritual. Os rabinos falam da sucá como um símbolo de proteção divina. Em momentos de aflição pedimos ao Todo-Poderoso que nos “abrigue em sua tenda” (Salmo 27.5). A sucá é um chamado contra a vaidade e um apelo à humanidade. Mesmo o mais poderoso dos homens deve viver durante sete dias numa habitação primitiva e modesta, conscientizando-se da impermanência das posses materiais. Mais ainda, deve compartilhar essa moradia com todos os desprivilegiados a seu redor: “seus servos, o estrangeiro, o orfão e a viúva que estiverem dentro dos seus portões”. (Deuteronômio 16.14).
Por ser pequena, sem compartimentos a sucá obriga seus moradores a se aproximarem, física e afetivamente, e talvez os inspire a se manterem mais unidos nos outros dias do ano.
De acordo com a Lei, a cobertura da sucá deve ser feita de tal forma que através dela se possam ver as estrelas. Resulta um teto pelo qual se infiltram a chuva e o vento, mas pelo qual também penetra a luz do sol. A sucá é o modelo de um verdadeiro lar: sem uma estrutura sofisticada, sem decoração luxuoso, mas cheia de calor, tradição e santidade. Um lar deve ter espiritualidade, deve ter uma vista para o céu.
sucá é um abrigo temporário, improvisado, construído às pressas. E, no entanto, ela é um símbolo de permanência e continuidade. É tão frágil, tão precária, tão instável e, no entanto, sobreviveu a tantos impérios, tantas revoluções porque na verdade seu sustento é divino. É somente o Senhor quem nos pode sustentar!
A sucá é uma construção rústica cuja cobertura é feita de produtos da terra – fácil de se obter. Inclui ramos, arbustos, palha e mesmo ripas de madeira. Frutas, vegetais e outros alimentos não são usados.
O povo judeu tomou as palavras de Deus em Levítico 23 “habitareis” em seu sentindo literal. Eles interpretaram a palavra “habitar” como significando que se devia comer e dormir na sucá, e não apenas construí-la. Nenhuma bênção é recitada quando se constroi a sucá, pois a ordem fundamental é “habitar” na sucá e não meramente construí-la. Uma bênção é recitada imediatamente antes de comer e dormir na sucá.
O uso de quatro espécies de plantas é prescrito em Levítico 23.40: “…tomareis fruto de árvores formosas, ramos de palmeiras, ramos de árvores frondosas e salgueiros de ribeira…” A Bíblia não especifica com precisão quais as espécies de árvores e frutas devem ser usadas. As autoridades judaicas deduziram e a tradição consagrou que “a fruta de árvore formosa” significa a cidra (etrog); “ramos de palmeiras” seriam ramos da tamareira (lulav); “ramos de árvores frondosas” referindo-se à murta (hadassim); e “salgueiros de ribeira” ao familiar salgueiro (aravot). Essas quatro espécies formam o molho de sucot que seguramos e abençoamos em cada dia da semana durante a Festa dos Tabernáculos.
Diariamente, durante a semana de sucot (exceto no Shabat), pegamos na mão direita as três espécies de ramos, na mão esquerda a cidra, recitamos uma bênção, em seguida juntamos as mãos e agitamos o molho para todos os lados, para cima e para baixo – manifestando nossa alegria e indicando que a presença de Deus está em toda a parte.
A Festa dos Tabernáculos tinha dois aspectos distintos na época do Templo. Uma parte da festa era consagrada ao louvor e ações de graça. O toque das trombetas convocava o povo, que se postava nas ruas para assistir à marcha dos sacerdotes que iam ao tanque de Siloé, enchiam uma vasilha de prata de água e depois rumavam para o templo e a derramavam no altar. Era um cortejo glorioso de sacerdotes vestidos de branco, instrumentos musicais, corais. Os levitas se faziam acompanhar por músicos em instrumentos de corda, sopro e percussão durante a recitação dos Salmos 113 a 118 – (Hallel) especialmente as palavras messiânicas do Salmo 118, versos 25 e 26: “Ó Senhor, salva, Te pedimos! Ó Senhor, nós te pedimos, envia-nos a prosperidade. Bendito aquele que vem em nome do Senhor”.
Esse ritual de derramamento de água simbolizava ações de graça pela chuva que possibilitou a colheita do ano. Orações por mais chuva eram feitas para possibilitar a colheita da próxima estação.
Esse ritual simbolizava também a alegria espiritual e salvação.
A cada dia, durante o período da Festa, os sacerdotes rodeavam o grande altar de sacrifícios, uma vez, agitando suas palmeiras em todas as direções. Os ramos eram seguros juntos na mão direita, e a cidra, na mão esquerda.
No sétimo dia, chamado “Hoshana Rabbah” que significa “A grande Salvação”, os sacerdotes rodeavam o altar sete vezes, recitando o Salmo 118.
Durante os sete dias de sucot, o grande altar de sacrifício recebia um número de sacrifício maior do que em qualquer outra festa: 70 novilhos, 14 carneiros, 98 cordeiros e 7 bodes (Números 29.12-34).
Em relação aos 70 novilhos o Talmud ensina que “as setenta nações do mundo são representadas nas ofertas de expiação de Israel”.
Segundo ponto alto das comemorações eram os festejos. À noite, as multidões festejavam com banquetes e ainda cantavam e caminhavam pelas ruas portando tochas. Eram também colocadas tochas que iluminavam o átrio do Templo. Nesses momentos demonstravam sua gratidão a Deus desfrutando as boas coisas da vida e o prazer de gozarem a companhia uns dos outros.
Foi a essa festa que os irmãos de Jesus se referiram quando insistiram com Ele para que seguisse para Jerusalém (João 7.1-9). O Senhor rebateu suas palavras sarcásticas, mas depois, ocultamente, foi para Judéia. Durante a Festa, Ele deu ensinamentos e sofreu dura oposição por parte dos fariseus. Foi nessa ocasião que chamou os que tivessem sede para irem a ele e beber (João 7.37). Isso pode ter sido uma referência à água derramada no altar durante a Festa.

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Dia 40

II Coríntios 12:9,10; Gálatas 2:20 (Estes textos revelam o princípio espiritual vital da total dependência da força de Cristo ao invés da capacidade humana. Devemos permitir que Deus aja através de nós. Para isso, temos que entender que nossa força natural pode facilmente se atravessar no caminho da dependência total de sua presença.)
Perguntas para reflexão:
Você tem realmente dado mais importância às suas habilidades naturais e ao seu treinamento do que à sua purificação diária e plenitude do Espírito Santo? Você se sente culpado por estar preparado mentalmente, mas não espiritualmente?

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Dia 39

João 12:24; Provérbios 17:3 (Estas passagens falam de quebrantamento. Quando a casca da semente é quebrada, a vida dentro dela pode produzir mais sementes. A casca é representada pelas coisas que pertencem à velha natureza e ao “eu”. Deus quer libertá-lo e não o condenar. Quando Ele abre seus olhos para as áreas não crucificadas do pecado e do “eu”, é para liberar seu poder de ressurreição. As circunstâncias da vida usadas por Deus são para esgotar toda sua força humana natural (II Co 12:10).
Perguntas para reflexão:
Você se torna defensivo e foge da convicção e do quebrantamento de Deus? Você está acomodado numa vida espiritual “em ponto morto”? Você realmente quer crescer? Você se ressente de dificuldades físicas e emocionais ao invés de aproveitá-las como oportunidades de experimentar Cristo de uma forma mais completa? Você tem desperdiçado seus sofrimentos não atentando para os ensinamentos de Deus contidos nele? Você se alegra em seus sofrimentos e fraquezas? Você se alegra em suas provações como é ordenado em Tiago 1:2? Confesse sua tendência de reclamar e resistir ao quebrantamento que Deus permite em sua vida. Não fuja! Abrace o quebrantamento de Deus!

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Dia 38

●Pecados de autocontrole e autoconfiança

Mateus 16:24,25 (Como morrer para si na vida diária?  É dizendo não a pensamentos, atitudes ou ações que você sabe que são erradas.)
Romanos 6:6; 6:12-14 (A vida centrada no “eu” não pode ser melhorada – ela tem que ser crucificada com Cristo, caso contrário você perderá energia e zelo espiritual.  A razão porque muitos crentes estão cansados espiritualmente e lhes faltando poder sobrenatural é porque em algum ponto importante em sua vida se defrontaram com a cruz e recuaram.)
Perguntas para reflexão:
Deus já lhe disse para fazer alguma coisa e você tentou ignorá-lo? Deus lhe disse para fazer algo e você ainda não fez? Deus lhe disse para parar de fazer algo e você continua fazendo? Há alguma área em sua vida em que você está resistindo a voz de Deus? Você tem dificuldade de entregar sua família, seus relacionamentos, ou trabalho no altar de Deus? Deus lhe disse para abandonar algo que não é realmente um pecado patente, mas que é um obstáculo? (Hb. 12:1).

terça-feira, 16 de agosto de 2016

Dia 37

Tiago 1:23,24; Lucas 12:47
Perguntas para reflexão:
Você ouve Deus falar mas retarda sua obediência? Você não diz não para Deus, mas fica empurrando sua obediência?  Não devemos “considerar obedecer” como o mesmo que obedecer. Você continua falhando com Deus do mesmo antigo jeito?  Há áreas específicas em que você parece nunca fazer progresso? (Fl 2:13).

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Dia 36

Jeremias 29:13; Tiago 3:1; 5:16
Perguntas para reflexão:
Você está buscando a Deus para sentir mais sua presença e seu poder diariamente? Você tem falhado em aprofundar-se em sua experiência de oração e jejum? Você resiste de qualquer oração que lhe custe algo ou seja demorada?  Você tem relaxado no exercício de sua responsabilidade no serviço cristão? Você prega com ousadia contra todo pecado ou tem se retraído por causa do temor aos homens? Você tem medo de pregar contra aborto, divórcio, homossexualismo? Você estuda a Palavra ou está ficando preguiçoso? Você está fazendo o seu melhor ou está começando a fazer tudo mais ou menos? Você tem alimentado competição com outros líderes ou sentido ciúme deles?  Você tem guardado amargura ou ressentimentos contra irmãos da igreja? Você pratica o que prega ou ensina? Você é constante e firme ou tem ânimo dobre? Você é flexível ou se desanima com mudanças? Você é um pastor ou um mercenário?

domingo, 14 de agosto de 2016

Reunião 14/08/2016 - Marcando nossos filhos

Saiba que suas atitudes marcam a vida de seus filhos. Clique aqui e reflita sobre o tipo de exemplo que está sendo para eles.

Dia 35

Romanos 6:14; Hebreus 4:1
Perguntas para reflexão:
Você identificou suas fortalezas espirituais e se apossou da vitória completa em Deus? Você está determinado a vencer os pecados que continuam aflorando ou você está acomodado a eles? Você se desculpa dos seus pecados dizendo que é uma fraqueza ou uma característica de sua personalidade? Satanás o tem enganado dizendo que você não pode libertar-se? Você tem falhado em resistir a satanás até obter vitória completa? Você é muito complacente e preguiçoso espiritualmente para esforçar-se para obter a vitória?

sábado, 13 de agosto de 2016

Reunião 07/08/16- Portas Abrindo

O Senhor quer abrir portas em sua vida.
Para saber mais clique aqui.

Dia 34

Efésios 4:8; João 13:4-15
Perguntas para reflexão:
Você está buscando maneiras de servir a Deus ou está contente em estar sentado e ser servido? Você dá desculpas por não estar servindo a Deus através de sua igreja? Você se recusa a servir a menos que sejam trabalhos que apareçam ou muito importantes? Você quer que todo o mundo trabalhe enquanto você permanece como expectador só recebendo? Você é preguiçoso e irresponsável com as tarefas que aceitou fazer? Você tem falhado em exercer o seu dom com toda a diligência? A verdade é que 20% dos membros da igreja fazem 80% do trabalho e sustentam a obra financeiramente.  Em qual porcentagem você se encontra?

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Dia 33

Atos 1:8; I Pedro 3:15; Ezequiel 3:18
Perguntas para reflexão:
Você já fez uma lista de oração das pessoas que encontra diariamente? Você ora por eles regularmente? Você procura ser bondoso e simpático com eles? Você fala de Cristo a eles? Você deixa folhetos nos lugares que freqüenta? Você deixou de se matricular em alguns dos excelentes cursos de treinamento que temos hoje na igreja?

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Dia 32

●Pecados de omissão

João 15:4,5
Perguntas para reflexão:
Você gasta um tempo em oração e leitura bíblica diariamente (Mais do que 2 ou 3 minutos)? Como espera adoração genuína, através de confissão, petição e sérias intercessões em somente 2 ou 3 minutos por dia? Você tem estado ocupado demais para dar a Deus um tempo significativo? Você tem negligenciado dar a Deus pelo menos 30 a 45 minutos do seu tempo diário?

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Dia 31

Romanos 14:23
Perguntas para reflexão:
Há alguma coisa em sua vida que você tem que trabalhar constantemente para se convencer de que está certo? Há alguma coisa a respeito da qual você não sente paz, mas ainda não fez nada para mudar? Você não sente paz com relação à quantidade de tempo e energia que está gastando com o trabalho ou lazer? Com ganho financeiro? Com aparência pessoal? Com a opinião dos outros? O que Deus está trazendo à sua mente agora?

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Dia 30

Levíticos 19:31; Apocalipse 2:14-15
Perguntas para reflexão:
Você consulta ou já consultou horóscopos, videntes, ou outra forma de ocultismo buscando direção para sua vida? A filosofia da Nova Era tem entrado em sua mente através da leitura de livros que exaltam o homem mais do que a Cristo?  Você possui livros em casa que promovem o humanismo?  Você permite que seus filhos assistam programas de Nova Era?
Você está preparado para defender a verdade de Deus não importando quanto custe? Você racionaliza e se desculpa por rejeitar padrões bíblicos? Quando você está sob pressão deixa de lado a Bíblia e vai com a turma? (Mt 5:10-12).

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Dia 29

Malaquias 3:8-10; Lucas 6:38; Provérbios 13:11
Perguntas para reflexão:
Você tem sido honesto dando de seu tempo e de seus talentos a Deus? Você tem sido honesto no cálculo de suas primícias e de seu dízimo, ou você tem roubado a Deus?  Você dá a Deus do que lhe sobra depois de pagar todas as outras contas? Você estaria disposto a dar mais do que primícias e dízimos se Deus assim lhe mostrasse?
Se jogar é uma prática saudável, por que milhares de pessoas estão presas a este vício? Se o jogo é uma coisa boa, por que ocorrem falências onde o jogo se enraíza? Você já foi enganado pelo pensamento de que jogar é inofensivo?  Crentes não devem estar envolvidos com forma alguma de jogo. 

domingo, 7 de agosto de 2016

Dia 28

Êxodo 20:2,3; Mateus 6:24
Perguntas para reflexão:
Você tem colocado outras coisas no lugar de Deus? Pessoas ou coisas têm atrapalhado sua adoração e serviço a Deus? Você adora e serve a Deus somente depois que fez as outras coisas? Seu trabalho e seu dinheiro têm se tornado seu deus? Você vota em políticos sem princípios cristãos só porque eles são do seu partido? Você gasta mais tempo na internet ou na tv do que lendo a Bíblia e orando? Você coloca sua família acima de Deus? Você tem alguma atividade recreativa que você dá mais valor e tempo do que o serviço do Senhor? Se todos os membros de sua igreja seguissem seu exemplo de serviço quão forte seria o ministério de sua igreja? Como seriam os cultos de sua igreja se todos tivessem sua assiduidade? Haveria grupos de oração ou de evangelismo? Quem ou o que tem realmente o primeiro lugar em sua vida?

sábado, 6 de agosto de 2016

Dia 27

I Coríntios 3:16,17
Perguntas para reflexão:
Você tem abusado de seu corpo através de qualquer forma de imoralidade ou excesso? Você peca contra o templo do espírito de Deus através de hábitos como álcool, fumo ou gula? O uso de algum tipo de droga faz parte de sua vida? A comida o escravizou de tal forma que você evita o jejum dando muitas desculpas?

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Dia 26

●Pecados de ação

Efésios 5:5; 5:2
Perguntas para reflexão:
Você cometeu alguma forma de imoralidade, impureza ou perversão sexual? Você assiste a programas de televisão ou filmes que mostram cenas imorais ou violentas? Você se veste de forma a incitar pensamentos impuros ao sexo oposto? Você tem o hábito de ler coisas maliciosas ou impuras? Você tem o hábito de assistir a shows imorais onde piadas sujas e pervertidas são o tema principal? Os padrões de Deus não mudaram.

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Dia 25

Efésios 5:23,25; I Pedro 3:7; Efésios 3:4
Perguntas para reflexão:
Esposo, você tem tomado para si a responsabilidade de liderar sua família em momentos devocionais e oração?  Você tem criado uma atmosfera de treinamento espiritual em sua casa? Você coloca as necessidades e desejos de sua esposa adiante dos seus? Você procura entender e suprir as necessidades emocionais peculiares de sua esposa? Você já tomou conhecimento e usou livros, vídeos, etc. sobre relacionamento conjugal? Você está usando com sabedoria os recursos financeiros para segurança de sua família? Você está liderando seus filhos no crescimento e treinamento espiritual? Você disciplina seus filhos com consistência e amor? Você conversa com seus filhos sobre valores espirituais?
Ef. 5:24,33; I Pe. 3:3-4 – Esposa, você já tratou seu marido com desrespeito e desonra? Você frequentemente aponta seus erros e fraquezas?  Você pacientemente perdoa e o trata bondosamente apesar de suas falhas? Você ignora seus desejos e necessidades? Você anda se descuidando de sua aparência e saúde? Você demonstra um espírito rebelde para com ele? Você tem uma atitude de amor e gratidão ou de reclamação e raiva?
Mt. 18:6 – Pai/mãe, você demonstra alegria e entusiasmo ao adorar a Deus? Você expressa amor pela igreja ou uma atitude negativa de murmuração? Pais, vocês se comunicam amorosamente um com o outro? Vocês gastam/investem tempo conversando com os filhos? Vocês realmente ouvem quando seus filhos falam? Vocês respondem com amor e entendimento ou ficam brabos rapidamente? Vocês estão dando exemplo de honestidade e respeito aos outros? Vocês têm linguagem sadia? Têm demonstrado santidade pelas coisas que assistem ou lêem? Vocês andam no limite de velocidade e trapaceiam no pagamento de impostos? Vocês admitem seus próprios pecados e erros ou se desculpam?
 Ef. 6:1-3 – Filhos, vocês desobedecem seus pais? Vocês ignoram suas instruções? Vocês têm tratado seus pais com desrespeito ou raiva? Vocês têm telefonado e visitado seus pais? Vocês estão negligenciando seus pais não dando tempo e atenção de forma consistente? Vocês têm falhado em ajudá-los em suas tarefas domésticas? Há entre vocês coisas mal resolvidas como palavras duras ou sentimentos negativos? Vocês têm realmente acertado suas diferenças com eles?

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Dia 24

Você está envolvido em algum relacionamento inadequado? (Um relacionamento impróprio vai desde adultério e fornicação até simplesmente estar inadequadamente próximo de alguém. Ex.: Alguém muito jovem estar emocionalmente envolvido muito mais velho, ou vice-versa.  Um esposo pode estar emocionalmente muito próximo de uma amiga ou colega de trabalho, e vice-versa. Cônjuges compartilhando coisas com amigos em vez do seu companheiro. Pais muito envolvidos na vida dos filhos casados ou filhos casados muito dependentes de pais. Não racionalize ou defenda relacionamento inadequado. - Hebreus 10:25
Perguntas para reflexão:
Você é mais um espectador do que um participante na obra de Deus?  Você recebe, mas raramente doa?  Você se tornou um visitante permanente que parece nunca se entrosar e servir a Deus? 

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Dia 23


●Pecados nos relacionamentos
Mateus 5:23,24
Você pode se lembrar de alguma pessoa que possa ter ofendido ou machucado de alguma maneira? (Decida ir até ela e pedir perdão, mas não vá para defender-se).
Mateus 6:14,15
Você está amargurado ou guardando ressentimentos contra pessoas que lhe ofenderam? 
Perguntas para reflexão:
Você secretamente tem se ressentido de Deus por causa de alguma situação dolorosa que Ele permitiu em sua vida?  Você tem esfriado no seu relacionamento com Deus porque Ele o desapontou de alguma maneira?  Lembre-se: o perdão é uma escolha, não um sentimento.  Se você escolher perdoar, Deus mudará seus sentimentos.

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Áudio reunião de domingo 31/07/2016- Fim e Começo

Se os seus problemas estão te levando a pensar que não há saída, ouça está palavra que irá tocar o seu coração.
Clique aqui.

Dia 22

I Timóteo 5:17
Perguntas para reflexão:
Você tem criticado ou difamado líderes cristãos? Você tem desrespeitado àqueles que são chamados para liderar a igreja? Você tem minado sua autoridade? Você tende a isolá-los em vez de encorajá-los constantemente e apoiá-los em oração? Você tem o costume de debochar ou difamar outros grupos denominacionais, ministros ou líderes quando não concorda em tudo com eles? Deus não encherá a sua vida até que você confesse totalmente esses pecados e os abandone.

domingo, 31 de julho de 2016

Dia 21

I Coríntios 1:10; Lucas 6:41,42
Perguntas para reflexão:
Você é pacificador ou é parte de disputas contenciosas? Você se coloca numa posição de crítico e julga para colocar tudo e todos nos seus devidos lugares? É fácil para você falar das falhas dos outros? Você faz a fé da sua igreja aumentar através de uma atitude positiva ou você a demole enfocando em suas imperfeições? Você faz parte das panelinhas da igreja? Você é conhecido pelas reclamações e como alguém que se irrita facilmente? Você critica àqueles que têm um gosto musical e estilo de culto diferente que o seu? Membro de igreja negativo causa mais mal à comunidade do que um alcoólico. Deus lhe revelou tendência de ser contencioso, negativo ou promover divisão? Não justifique ou desculpe seu comportamento.  Peça-Lhe perdão e àqueles a quem tem ofendido (Mt 5:23,24).

sábado, 30 de julho de 2016

Dia 20

Efésios 4:31
Perguntas para reflexão:
Você se sente culpado por um linguajar crítico e hostil? Você discute e briga com os outros? Você se irrita e fica mal-humorado facilmente? Você levanta o tom de sua voz rapidamente? Suas palavras refletem um ódio latente ou impaciência com aqueles que estão ao seu redor? Você fala de modo grosseiro com seus familiares? Você se sente culpado por fofoca ou difamação? Você fala mal dos outros por trás deles? Peça perdão e abandone esses pecados.

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Dia 19

I Coríntios 10:10; I Tessalonicenses 5:18
Perguntas para reflexão:
Você se aflige e reclama de situações em sua vida? Você falha em ser grato em todas as situações e por todas as coisas? Você está cheio de uma atitude de gratidão e louvor ou de queixas e reclamações? Você se desculpa da murmuração dizendo: “Eu tenho uma boa razão para reclamar”? Você sempre olha o lado ruim das coisas? Você confia que Deus pode dar uma alegria sobrenatural ou você se rende à murmuração e à reclamação.

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Dia 18

Colossenses 3:9
Perguntas para reflexão:
Você tem o costume de mentir? Você exagera quando conta alguma coisa só para aparecer? Você se sente culpado por algum tipo de tapeação que tenha feito? Você já enganou pessoas ou instituições? Você tem cumprido suas promessas, votos e compromissos feitos a Deus e aos outros? Suas palavras são confiáveis, ou você tem sido irresponsável no seu falar? Você faz bem menos do que disse que iria fazer? Se for assim, isso revela um problema de integridade. Deus odeia a mentira e a inconsistência. Confesse esses pecados.

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Dia 17

●Pecados de palavra

Efésios 4:29; Efésios 5:4
Perguntas para reflexão:
Você usa gírias que são impróprias? Você usa o nome de Deus de outras maneiras além de adoração, honra e louvor?  Você participa de rodinhas de piadas ou conversas apimentadas? A imundícia da sociedade tem se infiltrado em seu modo de falar? Você tem usado a expressão: “Juro por Deus” para enfatizar o que você está dizendo (Mt 5:37)?  Examine honestamente suas palavras, seu linguajar e peça perdão a Deus. Diga especificamente que palavras você tem usado.

terça-feira, 26 de julho de 2016

Dia 16

I Timóteo 6:6,8; I João 2:15,16
Perguntas para reflexão:
Você mal entrega seu dízimo, embora pague juros enormes aos credores? Nas suas compras, você é mais motivado pela ganância ou busca a direção de Deus? Sua história financeira reflete princípios bíblicos de ausência de dívidas e de um jeito simples de viver? Suas dívidas têm feito você deixar de pagar contas e, portanto, denegrido o seu testemunho cristão? Você cobiça coisas? Você está disposto a viver com menos para adotar um modelo mais centrado em Deus para suas finanças? Suas dívidas estão desgastando o seu casamento? Você pode realmente dizer que “Jesus está no controle dos seus desejos e finanças”? Você ora sobre decisões financeiras ou se deixa levar pelo materialismo do mundo?

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Dia 15

I Coríntios 13:4-7; Mateus 5:44
Perguntas para reflexão:
Você responde com amor e perdão quando alguém lhe fere? Você procura fazer o bem àqueles que lhe fazem mal? Você está carregando uma caixinha de queixas contra amigos e familiares no seu coração? Você fica remoendo decepções com filhos e esposa? Você não se deixa ser bondoso para com eles porque eles “não merecem”? Usa o “tratamento do silêncio” com eles? Você já decidiu amar sua família com o amor incondicional de Cristo?

Áudio reunião de domingo 24/07/16 - Quente ou Frio, morno jamais!

Para ouvir a mensagem clique aqui

domingo, 24 de julho de 2016

Dia 14

Efésios 4:2
Perguntas para reflexão:
Você tem um espírito manso ou é argumentativo e contencioso? Você é crítico ou mordaz com relação aos outros? Você é insensível com sentimentos e necessidades dos outros? Você procura razões para ficar “pegando no pé” dos outros? Você se zanga com facilidade e diz o que lhe dá na cabeça? Os outros acham que você tem um espírito manso e quieto? Você é rápido em apontar os defeitos e fraquezas dos outros? Você se desculpa dizendo: “Eu não posso fazer nada, eu sou assim, é a minha personalidade”? Um espírito manso e quieto tem grande valor para Deus (I Pe 3:4). Peça perdão e procure maneiras para mudar atitudes, especialmente com sua família. 

sábado, 23 de julho de 2016

Dia 13

Hebreus 11:6; Mateus 13:58
Perguntas para reflexão:
Você tem mais dúvidas do que fé? Tem a tendência de se preocupar e se corroer ao invés de confiar em Deus? Você está confiando nas promessas de Deus totalmente ou se vê freqüentemente ansioso? Você tem deixado que decepções enfraqueçam sua fé e vida de oração? Você tem se desculpado do pecado da dúvida dizendo que você é um “preocupado de nascimento”? A ansiedade não é só uma fraqueza, mas um pecado intencional contra Deus. Confesse descrença ou ansiedade.

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Dia 12

Tiago 2:1,4
Perguntas para reflexão:
Você se associa somente a pessoas semelhantes a você? Você tende a olhar de cima para as pessoas que não são tão afluentes economicamente? Você se ressente por outros serem mais abastados que você financeiramente? Você se relaciona mais de perto com pessoas de sua própria raça ou cultura? Você desconfia dos que têm raça, cultura ou passado diferentes? Você se acha bom demais para ser amigo de alguém que não é fisicamente atraente?
Você se ressente dos que são mais atraentes ou brilhantes que você? Você se relaciona com pessoas diferentes ou fica apenas na “zona de conforto”? Você tem colocado ênfase em atingir os mais influentes? Não podemos guardar hostilidade ou evitar outras pessoas, pois isso pode indicar preconceito ou parcialidade.

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Áudio reunião de quarta-feira: Instruções Trabalho Social

Para ouvir o áudio CLIQUE AQUI

Dia 11

Filipenses 2:3,4
Perguntas para reflexão:
Você tende a chamar atenção para si mesmo? Você frequentemente se promove e rebaixa os outros? Você é competitivo, deseja ganhar e ser o primeiro a qualquer custo? Você busca ser o centro das atenções? Você pensa em termos dos seus próprios desejos e necessidades? Você tem atitude de se sentir superior e mais esperto do que os outros? Você tem uma necessidade de ser notado e elogiado pelas pessoas? Você tende a se rodear de símbolos de status para ostentar riqueza ou posição? Deus detesta todas as formas de arrogância ou autopromoção (Pr 8:13 e I Pe 5:5).

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Dia 10

I Pedro 5:5c; Salmo 51:17b
Perguntas para reflexão:
Você se acha muito espiritual?  Você freqüentemente critica ou julga os outros?  Você está quase sempre tentando consertar os outros?  Você gasta tempo permitindo Deus sondar o seu coração ou sente que não precisa de muita purificação? Você está realmente quebrantado e contrito por causa de seus erros ou você pensa: “ora, ninguém é perfeito”? Você está ansioso para ver o poderoso mover de Deus ou está satisfeito como está?  Você já se pegou se achando mais santo que os outros? Se você acha que precisa pouca purificação, você é culpado da pior forma de orgulho espiritual. Deus odeia justiça própria, complacência e marasmo espiritual.  Confesse e abandone isto.

terça-feira, 19 de julho de 2016

Dia 9

●Pecados de atitude
Apocalipse 3:15,16
Perguntas para reflexão:
Você caracteriza seu amor e serviço a Deus como fervoroso, apaixonado?  Deus e seus serviços são prioridades ardentes para você?  Em uma escala de 1 a 10, onde estaria no seu zelo por Cristo?  Você tem desejo ardente de orar?  Você tem entusiasmo pelo estudo da Bíblia, evangelismo e serviço a Deus?  Houve um tempo em que você ouviu e serviu a Deus de modo mais ardente do que agora?  Se você está morno, confesse esse pecado a Deus e peça ao Espírito Santo que lhe dê um coração que arda de paixão por Ele.

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Áudio do Culto de domingo 16/07/2016 O Pecado leva a morte

Segue áudio dividido em 2 partes:
Parte 1 clique aqui

Parte 2 clique aqui

Escolha o caminho que deve seguir.

Dia 8

I João 3:3; Hebreus 12:14
Perguntas para reflexão:
Sua mente está cheia perguntando como você pode experimentar maior santidade?  Você diz freqüentemente: “Eu gostaria de ser mais como Cristo” e depois faz pouco em busca de purificação espiritual?  Você tira tempo para permitir Deus sondar cada área de sua vida?  Você lê textos que ajudam a examinar seu coração?  Santidade é o que você mais busca?  Peça a Deus que lhe dê um coração faminto por santidade genuína.

domingo, 17 de julho de 2016

Dia 7

Mateus 15:8,9; Amós 5:21,22

Perguntas para reflexão: 

No culto, seu propósito principal é prostrar-se diante de Deus em total reverência e obediência?  Somente está cheio de santo temor e reverência a Deus?  Você ama a Deus ou busca mais os seus benefícios?  Você já tomou a Ceia do Senhor sem um exame profundo e arrependimento pessoal?  Você canta hinos sem pensar em suas palavras?  Você ouve sermões sem pensar em obedecer imediatamente no que Deus fala?  Adoração insincera, ritualística, é um dos pecados mais sérios que um crente pode cometer.  Confesse a Deus sua reverência e adoração superficiais.

sábado, 16 de julho de 2016

Dia 6

Tiago 4:3

Perguntas para reflexão:

Você se sente culpado por buscar a Deus mais pelo que Ele pode fazer por você do que por amor genuíno por Ele?  Você sente que seus pensamentos estão misturados com desejos egoístas ao invés de estar buscando a glória de Deus?  Você está ciente do seu desejo de ser notado e ser elogiado pelas pessoas ao invés de estar simplesmente agradando a Deus?  Você tem desejo de orar pedindo que a vontade de Deus se faça, mesmo quando ela não se encaixa nos seus planos?  Seu amor e adoração diminuem quando as coisas não saem do seu jeito?  Quanto você se decepciona, você "esfria" com Deus e a igreja?  Se for assim, isto revela um nível significativo de motivos impuros.

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Dia 5

Salmo 1 e 2; Salmo 119:15,16
Perguntas para reflexão: 
Você tem o hábito de ler e estudar a Palavra de Deus diariamente?  Você medita em versículos-chave ou a Bíblia tem um pequeno espaço nos seus pensamentos?  Você falhou em escrever versículos que tocam diretamente nas suas necessidades?  Confesse seu pecado de não encher a mente com textos bíblicos.

Dia 4

Colossenses 3:1-3
Perguntas para reflexão:
Sua inclinações e prioridades estão em torno de pessoas e coisas mais do que em Jesus?  Você tem mais paixão pelas coisas terrenas do que pelas espirituais?  Você honestamente tem mais alegria em assuntos relacionados a seu trabalho, esportes ou lazer, do que com pensamentos acerca do reino de Deus?  Para que ou para quem você devota a maioria dos pensamentos e energia?  Jesus está no centro de suas prioridades ou apenas ocupa um cantinho dos seus pensamentos e planos?  
Escreva maneiras específicas através das quais deverá centrar sua inclinações e pensamentos em Jesus. 

segunda-feira, 11 de julho de 2016

Dia 3

Mateus 5:28
Perguntas para reflexão:
Pensamentos impuros ocupam sua mente?  Você assiste a programas ou filmes que estimulam pensamentos e sentimentos impróprios?  Você está ciente de seus pensamentos e motivos impuros?  Você tem pensamentos que teria vergonha se outros soubessem deles?  Seus olhos “se perdem” facilmente?  
O que Deus estiver lhe mostrando, confesse como pecado.  Decida agora mudar esses pensamentos para remover os padrões de pecado.  Meditar nas Escrituras fornecerá uma arma para remover esses pensamentos.  Cada vez que o pensamento aparecer substitua-o por um versículo e uma oração. 

Dia 2

II Coríntios 10:4,5
Perguntas para reflexão: 
Honestamente, reflita nos tipos de pensamentos que ocupam sua mente.  A sua mente está cheia de pensamentos sobre Jesus ou está cheia de questões terrenas?  Você pensa muito mais no seu trabalho ou lazer do que no seu conhecimento espiritual e em servir a Cristo?  Frequentemente você tem pensamentos impuros?  Você está infestado de pensamentos de temor e raiva?  Escreva qualquer pensamento pecaminoso que Deus trouxer à tona.  Para cada um deles, peça o perdão de Deus e confie nele para renovar sua mente.  Leia Romanos 12:2.  Que pensamentos devem substituir estes mundanos? 

domingo, 10 de julho de 2016

Dia 1

Pecados de pensamento

Dia 01
Mateus 7:22,23 (Declara que muitos que pensam que são salvos descobrirão que não conhecem a Deus);
João 17:3 (Salvação é conhecer Jesus num relacionamento pessoal);
Romanos 8:16 (Os salvos têm certeza sobrenatural da sua salvação).
Perguntas para reflexão:
Você tem certeza da sua salvação?  Você sente Deus falando ao seu coração?  Você tem um relacionamento pessoal com Cristo?  Você apenas conhece fatos sobre a vida de Jesus?  Você consegue lembrar de um tempo quando sentiu uma convicção profunda de que estava perdido?  Você consegue lembrar quando abandonou o pecado e entregou sua vida totalmente a Jesus?  Quando aceitou Jesus, você experimentou uma grande mudança em sua vida?  Você tem paz por ter sido perdoado e estar indo para o céu?  Você tem desejo de ler a Bíblia e de orar?  Você anseia estar na igreja com o povo de Deus?  Você é conhecido como alguém bondoso e amoroso? Se respondeu não a alguma pergunta, pare e acerte o seu relacionamento com Deus. 

CHAMADA PARA 40 DIAS DE PURIFICAÇÃO E RENOVAÇÃO ESPIRITUAL

CHAMADA PARA 40 DIAS DE PURIFICAÇÃO E RENOVAÇÃO ESPIRITUAL
(Baseado no Livro “Retorno à Santidade” do Dr Gregory R. Frizzell)

11.07 a 19.08.2016
Preparando-se para a jornada
Compre um caderno ou bloco para anotar o que Deus falar;
Deseje que Deus sonde o seu coração.  Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece as minhas inquietações.  Vê se em minha conduta algo te ofende, e dirige-me pelo caminho eterno. (Salmo 139:23,24);
Vejam! O braço do Senhor não está tão encolhido que não possa salvar, e o seu ouvido tão surdo que não possa ouvir.  Mas as suas maldades separaram vocês do seu Deus; os seus pecados esconderam de vocês o rosto dele; e por isso ele não os ouvirá.  Portanto, confesse os pecados revelados a cada dia, pois Deus diz que, se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel é justo para perdoá-los e ainda nos purificar de toda a injustiça (I João 1:9;
Responda às perguntas do texto de cada dia, pedindo a Deus para lhe revelar o que deve mudar.

O CONVITE DE DEUS PARA VOCÊ É:
 
Vocês me procurarão e me acharão quando me procurarem de todo o coração (Jr 29:13).
 
Oraremos durante 40 dias, quando estaremos também adorando ao Senhor.  No último dia, cada um trará seu caderno de anotações para colocar diante do Senhor. 

Áudio culto de domingo 10/07/16 - Derrubando Gigantes

Que Deus te de uma semana de vitória.

Culto de Domingo 03/07 - A Cosmovisão do futuro

Clique aqui para ouvir o áudio. Deixe a palavra do Senhor entrar em sua vida.

Culto de domingo 26/06 - Somos a arca da Aliança

http://www.4shared.com/video/JZ_PDAaace/Culto_26062016_Somos_a_arca_da.html