sexta-feira, 8 de abril de 2011

12 Dias Para Ajustar a Identidade e Posicionar-Se No Corpo

09.04.2011 ENCERRAMENTO DA CAMPANHA

ONTEM TERMINAMOS NOSSO TEMPO DE JEJUM E ORAÇÃO ESPECÍFICOS SOB UMA DIREÇÃO DE INTERCESSÃO PARA AJUSTE DE IDENTIDADE INDIVIDUAL E COMO CORPO DE CRISTO.


HOJE TEMOS O ENCERRAMENTO PELA MANHÃ - DAS 6H AO MEIO-DIA, EM JEJUM UM POUCO MAIS ABRANGENTE E ENCERRAMOS COM UM ALMOÇO DE COMUNHÃO E UNIDADE (participará quem confirmou com antecedência)


NÃO DEIXE DE PARTICIPAR, MESMO QUE NUM PERÍODO MENOR, E RECEBA AQUILO QUE O SENHOR PLANEJOU PARA VOCÊ DE UMA MANEIRA MAIS COMPLETA!

12 Dias Para Ajustar a Identidade e Posicionar-se No Corpo

Dia 12 (08.04)

Jesus estabeleceu a IGREJA como A MANEIRA de Ele se expressar na Terra até a Sua volta, por isso a figura de CORPO se encaixa tão bem. Como parte desse CORPO, eu tanto me disponho para “Ele viver” através de mim quanto “me esforço para agir” em CONEXÃO PERFEITA com os meus irmãos (encaixado no Corpo) para que juntos vivamos a vida DELE e permitamos que Ele viva através de nós, da mesma maneira que qualquer pessoa vive neste mundo através do seu corpo (o nosso corpo é a única maneira de continuarmos vivendo nesta Terra, e tudo o que fazemos aqui é através do corpo).

– Ler Is.54 e 55, Mt. 28:16-20, At. 1 e 2, Fl. 2:12-22, Rm. 8:18-30

“Amplia o lugar da tua tenda, e estendam-se as cortinas das tuas habitações; não o impeças; alonga as tuas cordas, e fixa bem as tuas estacas. Porque transbordarás para a direita e para a esquerda; e a tua descendência possuirá os gentios e fará que sejam habitadas as cidades assoladas... Toda a ferramenta preparada contra ti não prosperará, e toda a língua que se levantar contra ti em juízo tu a condenarás...” “...os meus pensamentos não são os pensamentos de vocês, nem os seus caminhos são os meus caminhos, declara o Senhor. Assim como os céus são mais altos do que a terra, também os meus caminhos são mais altos do que os seus caminhos, e os meus pensamentos, mais altos do que os seus pensamentos... Assim como a chuva e a neve descem dos céus e não voltam para eles sem regarem a terra e fazerem-na brotar e florescer, para ela produzir semente para o semeador e pão para o que come, assim também ocorre com a palavra que sai da minha boca: ela... fará o que desejo e atingirá o propósito para o qual a enviei. Vocês sairão em júbilo e serão conduzidos em paz; os montes e colinas irromperão em canto diante de vocês, e todas as árvores do campo baterão palmas. No lugar do espinheiro crescerá o pinheiro, e em vez de roseiras bravas crescerá a murta. Isso resultará em renome para o Senhor, para sinal eterno, que não será destruído.” “Os onze discípulos foram para a Galiléia, para o monte que Jesus lhes indicara. Quando o viram, o adoraram; mas alguns duvidaram. Então, Jesus aproximou-se deles e disse: Foi-me dada toda a autoridade nos céus e na terra. Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos.” “E, estando com eles, determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a promessa do Pai, que (disse ele) de mim ouvistes. Porque, na verdade, João batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias... recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra... Então voltaram para Jerusalém... E, entrando, subiram ao cenáculo... Todos estes perseveravam unanimemente em oração e súplicas, com as mulheres, e Maria mãe de Jesus, e com seus irmãos... (a multidão junta era de quase cento e vinte pessoas)... E, cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos concordemente no mesmo lugar... E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados... E todos foram cheios do Espírito Santo... Pedro, porém, pondo-se em pé com os onze, levantou a sua voz, dizendo: ... Deus ressuscitou a este Jesus, do que todos nós somos testemunhas... Saiba, pois com certeza toda a casa de Israel que a esse Jesus, a quem vós crucificastes, Deus o fez Senhor e Cristo... ouvindo eles isto, compungiram-se em seu coração, e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, homens irmãos? E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo... foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas, E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos. E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum.” “...ponham em ação a salvação de vocês com temor e tremor, pois é Deus quem efetua em vocês tanto o querer quanto o realizar, de acordo com a boa vontade dele... Porque a ninguém tenho de igual sentimento, que sinceramente cuide do vosso estado; Porque todos buscam o que é seu, e não o que é de Cristo Jesus. Mas bem sabeis qual a sua experiência (ref. a Timóteo), e que serviu comigo no evangelho, como filho ao pai.”“... os nossos sofrimentos atuais não podem ser comparados com a glória que em nós será revelada. A natureza criada aguarda, com grande expectativa, que os filhos de Deus sejam revelados. Pois ela foi submetida à inutilidade, não pela sua própria escolha, mas por causa da vontade daquele que a sujeitou, na esperança de que a própria natureza criada será libertada da escravidão da decadência em que se encontra, recebendo a gloriosa liberdade dos filhos de Deus. Sabemos que toda a natureza criada geme até agora, como em dores de parto. E não só isso, mas nós mesmos, que temos os primeiros frutos do Espírito, gememos interiormente, esperando ansiosamente nossa adoção como filhos, a redenção do nosso corpo.”

Hoje é o último dia da nossa CAMPANHA com o jejum de delícias, orações, declarações, renúncias, alimento espiritual, confrontos – exercícios espirituais adequados para quem vai entrar na guerra e quer ser “mais que vencedor”, por isso está sendo treinado para permanecer em Cristo, identificado com Ele, semelhante a Ele. Uma das maneiras de vivermos mais perfeita e completamente a vida de Jesus é nos encaixarmos debaixo das autoridades dentro da igreja, da mesma maneira que o nosso corpo segue as ordens da nossa cabeça (através do cérebro) e, de um modo mais completo e complexo, da mesma maneira que cada órgão do nosso corpo segue uma ordem para cumprir suas funções em perfeito equilíbrio (como se houvesse uma cabeça – direção – em cada órgão), mas sempre debaixo do governo (ordem, direção) do cérebro (cabeça). A minha IDENTIDADE em Cristo me dá a unção de MULTIPLICAÇÃO, para que eu cumpra a ordem de Jesus. Os discípulos se separaram por cerca de 10 dias em oração no cenáculo (120 pessoas) e o Espírito Santo desceu e gerou, num só dia, 3.000 novos discípulos. Através da adoração e da intimidade com Deus, que geram INTIMIDADE com Ele e aperfeiçoam a minha IDENTIDADE, eu passo a gerar MULTIDÕES de novos filhos para o meu Deus, e preciso “alargar o espaço da minha tenda e estender o toldo da minha habitação”. Quando a Palavra de Deus (expressão dos Seus pensamentos e dos Seus caminhos, muito mais altos do que os nossos) sai da Sua boca, os sinais de prosperidade gerados por ela serão aprazíveis a Deus e aos homens, de tal maneira que produzirão uma verdadeira “alegria cósmica” (Is.55:12-13), cumprindo os resultados da revelação dos filhos de Deus, a manifestação da liberdade da glória dos filhos de Deus quando em sua plenitude (Rm.8:19-23), pois toda a criação “será redimida do cativeiro da corrupção... liberta da vaidade a que estava sujeita”. Antes desses resultados “finais”, existe a necessidade de um “gemer intercessório”, que vai gerar a ”glorificação” dos FILHOS, aqueles que Ele conhece, os quais são predestinados, chamados e justificados por Ele. Esse “gemer intercessório” faz parte das ”dores de parto” que temos experimentado nos últimos meses, e tem nos levado como CORPO a um novo momento com uma nova experiência, formando uma IDENTIDADE mais completa em Cristo. Aquilo que Ele preparou, agora nós podemos ver “um pouco melhor” e podemos experimentar na prática um pouco mais do que Ele é através da Sua manifestação em cada um de nós individualmente, no nosso irmão e na igreja como CORPO.

Declare: “Pai, me ensina e me ajuda a completar a medida de intercessão (dores de parto e gemidos) necessária para o ajuste da minha IDENTIDADE como TEU FILHO e semelhante a Jesus, e também para me identificar em oração com os meus irmãos para que cada um consiga chegar também a esse alvo. Quero estar contigo e com os meus irmãos amanhã pela manhã (se possível a partir das 6h) para receber as demais estratégias que o Senhor preparou para cada um de nós. Eu quero TUDO o que o Senhor tem para mim.!”

quinta-feira, 7 de abril de 2011

12 Dias Para Ajustar a Identidade e Posicionar-se no Corpo

Dia 11 (07.04)
Eu sou filho de Deus e, por isso, vou me tornando cada vez mais parecido com Ele e, em contrapartida, Ele me guarda e protege, mesmo quando eu preciso passar por dificuldades e confrontos (que fazem parte do meu treinamento), e eu sei, porque confio NELE, que tudo SEMPRE SERÁ PARA O MEU BEM!


– Ler Is. 42 e 43, Rm. 8:18-39, Sl. 107, Sl. 91


“Eu sou YHWH, esse é meu nome, não dou minha gloria a outro, nem meu louvor aos ídolos.” “Mas agora, assim diz o SENHOR que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu. Quando passares pelas águas estarei contigo, e quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti. Porque eu sou o SENHOR teu Deus, o Santo de Israel, o teu Salvador.” “...trazei meus filhos de longe e minhas filhas das extremidades da terra. A todos os que são chamados pelo meu nome e os que criei para a minha glória, os formei, e também os fiz... Vejam, estou fazendo uma coisa nova! Ela já está surgindo! Vocês não a reconhecem? Até no deserto vou abrir um caminho e riachos no ermo... “...porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito. A esse povo que formei para mim; ele contará o meu louvor.” “... os nossos sofrimentos atuais não podem ser comparados com a glória que em nós será revelada. A natureza criada aguarda, com grande expectativa, que os filhos de Deus sejam revelados. Pois ela foi submetida à inutilidade, não pela sua própria escolha, mas por causa da vontade daquele que a sujeitou, na esperança de que a própria natureza criada será libertada da escravidão da decadência em que se encontra... Da mesma forma o Espírito nos ajuda em nossa fraqueza, pois não sabemos como orar, mas o próprio Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis. E aquele que sonda os corações conhece a intenção do Espírito, porque o Espírito intercede pelos santos de acordo com a vontade de Deus. Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito... Se Deus é por nós, quem será contra nós? Aquele que não poupou seu próprio Filho, mas o entregou por todos nós, como não nos dará juntamente com ele, e de graça, todas as coisas? Quem fará alguma acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica. Quem os condenará? Foi Cristo Jesus que morreu; e mais, que ressuscitou e está à direita de Deus, e também intercede por nós. Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada? Como está escrito: ‘Por amor de ti enfrentamos a morte todos os dias; somos considerados como ovelhas destinadas ao matadouro’. Mas, em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou. Pois estou convencido de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes, nem altura nem profundidade, nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.” “Aquele que habita no esconderijo (secreto) de Elyón (Altíssimo) passa a noite à sombra de Shadday (O Todo-poderoso, ou Todo-suficiente), dizendo a Yahveh (O EU SOU): ‘Meu refúgio e fortaleza, meu Deus, em quem confío!’... Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas estarás seguro (confiado); a sua verdade será o teu escudo e broquel... Não terás medo do terror de noite nem da seta que voa de dia, Nem da peste que anda na escuridão, nem da mortandade que assola ao meio-dia... Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas a morte não chegará a ti... tu, ó SENHOR, és o meu refúgio... aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos... Ele me invocará, e eu lhe responderei; estarei com ele na angústia; dela o retirarei, e o glorificarei.” O Sl. 107 começa com: “Dêem graças ao Senhor porque ele é bom; o seu amor dura para sempre. Assim o digam os que o Senhor resgatou, os que livrou das mãos do adversário, e reuniu de outras terras, do oriente e do ocidente, do norte e do sul.” e repete 4 vezes: “Na sua aflição, clamaram ao Senhor, e ele os salvou da tribulação em que se encontravam.”


Deus me criou como eu sou, e isso é “o melhor para mim”. Ele projetou a minha vida com capacidades e talentos humanos, com direção e capacitação profissional, com pessoas que me cercam em cada período e setor da vida, e isso é “o melhor para mim”. Ele preparou um caminho cheio de alegrias, festas, nascimentos, casamentos, vitórias, comemorações, etc... grandes emoções... e também com diversas experiências de dor, dificuldade, pesar, luto, confronto, pedras no caminho, águas para atravessar (sem ponte), talvez até areia movediça... e isso é “o melhor para mim”. No meio das lutas e dificuldades e até das possibilidades de derrotas (às vezes muito grandes), Ele preparou “a melhor solução” e “o melhor aprendizado” para que eu siga em direção ao ALVO – JESUS CRISTO! O objetivo do nosso Pai é REPARTIR A SUA GLÓRIA com os Seus filhos – NÓS! A glória que nos servia como roupa na criação (à semelhança DELE) será recuperada à medida que nos tornamos mais IDENTIFICADOS com o Seu primogênito, Jesus Cristo, perfeito em santidade e cheio de glória. Não espere para receber a glória somente quando seu corpo for glorificado definitivamente na ressurreição, mas busque a presença e a glória DELE cada dia da sua vida e experimente, mesmo que por curtos períodos, o que Ele conquistou na cruz por você e que passou, por causa da aliança, a ser seu direito como herança.


Declare: “Obrigado, meu Pai, porque me deste o melhor! Obrigado pelo Teu cuidado por mim! Eu declaro agora: “Tu és bom! O teu amor dura para sempre! As Tuas misericórdias não têm fim, elas se renovam a cada manhã!” Abre bem os meus olhos, ouvidos... todos os meus sentidos, a minha mente, e me dá discernimento suficiente para ver o que Tu fazes por mim e para confiar sem reservas no que farás em meio ao que se chama de “impossibilidades”, pois Tuas promessas nunca falharão! Tu és fiel! Eu quero mais de Ti, mais do Teu amor, mais da Tua unção, mais da Tua graça, mais da Tua glória! Eu me entrego e me submeto totalmente a Ti!

quarta-feira, 6 de abril de 2011

12 Dias Para Ajustar a Identidade e Posicionar-se no Corpo

Dia 10 (06.04) O CARÁTER DE CRISTO (A VIDA DE JESUS EM MIM) vai sendo formado à medida que eu vivo IDENTIFICADO com Ele. Um dia eu fui GERADO (nasci de novo), e preciso crescer cada dia na graça e no conhecimento do Senhor, pois Ele é o ALVO FINAL. Meu objetivo é ser cada dia mais parecido com Ele, e para isso Ele precisa ser meu SENHOR e meu MESTRE (preciso ser SERVO e DISCÍPULO dele) – Ler II Pe. 1:3-10, Ef. 4:25-5:2, Fp. 2...

“O poder de Deus nos tem dado tudo o que precisamos para viver uma vida que agrada a ele, por meio do conhecimento que temos daquele que nos chamou para tomar parte na sua própria glória e bondade. Desse modo ele nos tem dado os maravilhosos e preciosos dons que prometeu. Ele fez isso para que, por meio desses dons, nós escapássemos da imoralidade que os maus desejos trouxeram a este mundo e pudéssemos tomar parte na sua natureza divina... empenhem-se para acrescentar à sua fé a virtude; à virtude o conhecimento; ao conhecimento o domínio próprio; ao domínio próprio a perseverança; à perseverança a piedade; à piedade a fraternidade; e à fraternidade o amor. Pois são essas as qualidades que vocês precisam ter. Se vocês as tiverem e fizerem com que elas aumentem, serão cada vez mais ativos e produzirão muita coisa boa como resultado do conhecimento que vocês têm do nosso Senhor Jesus Cristo... procurem ficar cada vez mais firmes na certeza de que Deus os chamou e escolheu. Se vocês fizerem isso, jamais abandonarão a fé e assim receberão todo o direito de entrar no Reino eterno do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.” “cada um de vocês deve abandonar a mentira e falar a verdade ao seu próximo, pois todos somos membros de um mesmo corpo... Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem... Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção. Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade. Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente... vivam em amor, como também Cristo nos amou e se entregou por nós...” “Continuem trabalhando com respeito e temor a Deus para completar a salvação de vocês.” – Fp. 2:12 (NTLH) “...desenvolvei a vossa salvação com temor e tremor.” – Fp. 2:12 (RA)


Para ser parecido com Jesus e com o meu Pai celeste, eu preciso ser cheio do Espírito Santo, pois o caráter de Cristo só será moldado em mim se o Espírito fizer isso. Na minha carne “não há bem nenhum”, a vida de Deus em mim vem do Espírito. Se eu “nasci de novo” em Cristo, o Espírito Santo já habita em mim e está pronto para “ir produzindo” a vida de Cristo em mim. Se eu apago ou entristeço o Espírito através das ações da minha carne (se eu decido viver para mim mesmo, considerar o ‘meu ponto de vista’ o mais certo), o Espírito não encontra lugar para agir em mim. Se eu “renuncio a mim mesmo e a tudo quanto eu tenho”, o Espírito vai gerando esta “nova vida” (a vida de Cristo) em mim progressivamente. No dia que eu nasci de novo, eu fui salvo! Mas eu preciso “desenvolver a salvação” (completar o efeito dela em mim), até chegar ao pleno conhecimento do meu Senhor e alcançar a estatura completa DELE. O poder de Deus já está em mim através do Espírito que habita em mim, mas Ele só pode operar quando eu renuncio o estilo de vida deste mundo (abandono a mentira, as palavras torpes, as dissensões, a imoralidade e toda a obra da carne mencionada em Gl. 5). Enquanto eu renuncio a “energia deste mundo” que me estimula a viver no pecado, o Espírito Santo age dentro e através de mim com o SEU PODER produzindo as atitudes de Jesus progressivamente, me levando a viver cada dia mais no Espírito e menos na carne.

Declare: “Senhor Jesus, eu quero MAIS DE TI e menos de mim! Preciso cada dia vigiar para não ser enganado e voltar atrás. Me ajuda a estar consciente da VERDADE e a enxergar as obras da carne (que me mantêm no pecado) como algo totalmente sujo, lamacento, podre... a ponto de me causar nojo. Me ajuda e me dá forças para me manter firme em Ti, olhando para Ti como o ALVO da minha vida, do meu procedimento diário. Espírito Santo, eu preciso do teu poder agindo em mim, gerando a verdadeira VIDA, me livrando do mal e me conduzindo pelo CAMINHO da vitória: JESUS EM MIM!

terça-feira, 5 de abril de 2011

12 Dias Para Ajustar a Identidade e Posicionar-se no Corpo

Dia 09 (05.04)

A GLÓRIA QUE PRODUZ A VERDADEIRA UNIDADE ajusta a minha IDENTIDADE e me “encaixa no lugar certo” do CORPO

– Ler Cl. 1, II Ts. 2, II Pe.1:3-11, Ap. 7, Rm. 3:9-30, 8:18-30, Salmo 29, João 17:11-26
“O plano de Deus é fazer com que o seu povo conheça esse maravilhoso e glorioso segredo que ele tem para revelar a todos os povos. E o segredo é este: Cristo está em vocês, o que lhes dá a firme esperança de que vocês tomarão parte na glória de Deus.” “...devemos sempre dar graças a Deus por vós, irmãos amados pelo Senhor, porque Deus vos escolheu desde o princípio para a salvação, pela santificação do Espírito e fé na verdade, para o que também vos chamou mediante o nosso evangelho, para alcançardes a glória de nosso Senhor Jesus Cristo. Assim, pois, irmãos, permanecei firmes e guardai as tradições que vos foram ensinadas... Que o próprio Senhor Jesus Cristo e Deus nosso Pai, que nos amou e nos deu eterna consolação e boa esperança pela graça, dêem ânimo ao coração de vocês e os fortaleçam para fazerem sempre o bem, tanto em atos como em palavras.” E clamavam em alta voz: “A salvação pertence ao nosso Deus, que se assenta no trono, e ao Cordeiro”. Todos os anjos estavam em pé ao redor do trono, dos anciãos e dos quatro seres viventes. Eles se prostraram com o rosto em terra diante do trono e adoraram a Deus, dizendo: “Amém! Louvor e glória, sabedoria, ação de graças, honra, poder e força sejam ao nosso Deus para todo o sempre. Amém!” “A voz do SENHOR faz dar cria às corças e desnuda os bosques; e no seu templo tudo diz: Glória!” A resposta imediata do ser humano ao ver “a glória de Deus” é a ADORAÇÃO. Quanto mais eu contemplo a glória de Deus, minha tendência é ADORAR mais e melhor. Quando a grande multidão que vinha da grande tribulação, com as vestes lavadas pelo sangue do Cordeiro, contemplou o Todo-poderoso e Sua glória, irromperam em um clamor de ADORAÇÃO, e logo foram seguidos por todos os anjos, seres viventes e anciãos que estavam ao redor do trono, entregando a Ele, para todo o sempre, o louvor, a glória, a honra, a sabedoria, o poder, a força, as ações de graças. Ao ver a glória de Deus, minha resposta só pode ser uma ADORAÇÃO espiritual e verdadeira, ou seja, meus olhos só conseguem ver Deus, não há lugar nem intervalo na minha atenção para olhar para outro lugar, para outro foco... Ele é incomparável! Se eu estou desviando a minha atenção para outro foco, é porque eu não estou vendo verdadeiramente a Sua glória!!! Ao ver a Sua glória, minha tendência, como filho, é transmitir essa glória por onde eu vou e, assim, agir na mesma linha do Seu Espírito, dentro do mesmo ‘mover’ de UNIDADE produzido pelo Seu Espírito. “Pai santo, protege-os em teu nome, o nome que me deste, para que sejam um, assim como somos um... Agora vou para ti, mas digo estas coisas enquanto ainda estou no mundo, para que eles tenham a plenitude da minha alegria... Minha oração não é apenas por eles. Rogo também por aqueles que crerão em mim, por meio da mensagem deles, para que todos sejam um, Pai, como tu estás em mim e eu em ti. Que eles também estejam em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste. Dei-lhes a glória que me deste, para que eles sejam um, assim como nós somos um: eu neles e tu em mim. Que eles sejam levados à plena unidade, para que o mundo saiba que tu me enviaste, e os amaste como igualmente me amaste.” A unidade do Corpo de Cristo (A IGREJA) não é um resultado do esforço humano, mas da obra do Espírito Santo em cada um de nós, sempre ligada à glória transmitida a cada um pelo Senhor Jesus. – “Dei-lhes a glória que me deste, para que eles sejam um, assim como nós somos um. Declare: “Meu Deus e meu Pai, abre bem os meus olhos para que eu possa Te ver e, assim, NÃO DESVIAR minha visão nunca mais. Quero Te contemplar e, assim, transmitir Tua GLÓRIA como maior prioridade na minha vida, de tal maneira que SER UM com os meus irmãos seja consequência do que eu sou em Ti. Ajuda-me a ver bem o MEU LUGAR no Corpo, inclusive a enxergar os encaixes exatos entre nós no Corpo.

segunda-feira, 4 de abril de 2011

12 Dias Para Ajustar a Identidade e Posicionar-se no Corpo

Dia 08 (04.04)

À medida que eu conheço o meu Pai, a minha IDENTIDADE vai se estabelecendo e consolidando

– Ler II Sm. 7, II Co. 6:14 a 7:16

“Quan­do a sua vida chegar ao fim e você descansar com os seus antepassados, escolherei um dos seus filhos para sucedê-lo... e eu firmarei o trono dele para sempre. Eu serei seu pai, e ele será meu filho. Quando ele cometer algum erro, eu o punirei com o castigo dos homens, com açoites aplicados por homens. Mas nunca retirarei dele o meu amor, como retirei de Saul... o seu trono será estabelecido para sempre.” “Então o rei Davi entrou no tabernáculo, assentou-se diante do Senhor, e orou: Quem sou eu, ó Soberano Senhor, e o que é a minha família, para que me trouxesses a este ponto?... Quão grande és tu, ó Soberano Senhor! Não há ninguém como tu, nem há outro Deus além de ti, conforme tudo o que sabemos.” “...saiam do meio deles e separem-se, diz o Senhor. Não toquem em coisas impuras, e eu os receberei e lhes serei Pai, e vocês serão meus filhos e minhas filhas, diz o Senhor todo-poderoso.” “A tristeza segundo Deus não produz remorso, mas sim um arrependimento que leva à salvação, e a tristeza segundo o mundo produz morte. Vejam o que esta tristeza segundo Deus produziu em vocês: que dedicação, que desculpas, que indignação, que temor, que saudade, que preocupação, que desejo de ver a justiça feita!.. Por isso tudo fomos revigorados. Além de encorajados, ficamos mais contentes ainda ao ver como Tito estava alegre, porque seu espírito recebeu refrigério de todos vocês.”

Há uma herança prometida para os verdadeiros filhos de Deus (huios), aqueles que são maduros a ponto de manifestar o CARÁTER DE CRISTO em suas atitudes, a tal ponto que Suas promessas alcançam os nossos descendentes. Uma das características do filho maduro é a ADORAÇÃO após receber a promessa de Deus. Ou seja, a minha identificação com Cristo inclui uma vida de fé, e eu ADORO antes mesmo de ver manifestada a bênção, pois confio que o meu Deus é fiel e não mente em situação e em tempo nenhum, Ele sempre cumpre o que promete. O filho maduro (huios) não se contamina com a sujeira deste mundo, pois ele já sabe discernir entre o bem e o mal, e esse discernimento não é aquele conhecimento recebido da árvore da ciência do bem e do mal, mas o resultado da seiva santa que corre dentro da ÁRVORE DA VIDA, a VIDEIRA VERDADEIRA, JESUS, por isso Deus diz que ‘lhes receberá e lhes será Pai’!

Declare: “Eu sou FILHO(A) do Deus Criador e Todo-poderoso (Todo-suficiente), e cada dia me entregarei àquele que me deu (nova) VIDA. Quero, com todas as forças, me humilhar e SER CORRIGIDO pelo meu Pai, porque o meu maior desejo é AMÁ-LO, SERVÍ-LO, HONRÁ-LO, e farei isto sendo parecido com Ele, com um verdadeiro FILHO!

domingo, 3 de abril de 2011

12 Dias Para Ajustar a Identidade e Posicionar-se no Corpo

Dia 07 (03.04)
As minhas ATITUDES como FILHO de Deus vão expressar o CARÁTER DELE (o mesmo caráter do Seu filho Jesus).


– Ler Mt. 5:1-16, Gl. 2:15-21; Gl. 5 (inteiro), João 13


“Bem-aventurados os pobres em espírito, pois deles é o Reino dos céus. Bem-aventurados os que choram, pois serão consolados. Bem-aventurados os mansos, pois eles receberão a terra por herança. Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, pois serão satisfeitos. Bem-aventurados os misericordiosos, pois obterão misericórdia. Bem-aventurados os puros de coração, pois verão a Deus. Bem-aventurados os pacificadores, pois serão chamados filhos de Deus. Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, pois deles é o Reino dos céus. Bem-aventurados serão vocês quando, por minha causa, os insultarem, os perseguirem e levantarem todo tipo de calúnia contra vocês. Alegrem-se e regozijem-se, porque grande é a sua recompensa nos céus, pois da mesma forma perseguiram os profetas que viveram antes de vocês.” “...por meio da Lei eu morri para a Lei, a fim de viver para Deus. Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim.” “...o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio... Os que pertencem a Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e os seus desejos. Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito.”“Jesus sabia que o Pai havia colocado todas as coisas debaixo do seu poder, e que viera de Deus e estava voltando para Deus; assim, levantou-se da mesa, tirou sua capa e colocou uma toalha em volta da cintura. Depois disso, derramou água numa bacia e começou a lavar os pés dos seus discípulos, enxugando-os com a toalha que estava em sua cintura... Quando terminou de lavar-lhes os pés, Jesus tornou a vestir sua capa e voltou ao seu lugar. Então lhes perguntou: Vocês entendem o que lhes fiz? Vocês me chamam ‘Mestre’ e ‘Senhor’, e com razão, pois eu o sou. Pois bem, se eu, sendo Senhor e Mestre de vocês, lavei-lhes os pés, vocês também devem lavar os pés uns dos outros. Eu lhes dei o exemplo, para que vocês façam como lhes fiz. Digo-lhes verdadeiramente que nenhum escravo é maior do que o seu senhor, como também nenhum mensageiro é maior do que aquele que o enviou. Agora que vocês sabem estas coisas, felizes serão se as praticarem... Um novo mandamento lhes dou: Amem-se uns aos outros. Como eu os amei, vocês devem amar-se uns aos outros. Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros.”


Jesus é Deus e se despojou de toda a glória, se humilhando progressivamente durante Sua vida aqui na terra, chegando ao ponto mais baixo de humilhação que alguém poderia alcançar, e descendo mais ainda, até o lugar mais baixo (Hades). Mas depois tomou as chaves da Morte e do Hades e subiu até acima de todo principado, potestade, poder, acima de todo o nome, e assumiu todo o poder com autoridade (exousia) no céu e na terra.


“...humilhem-se debaixo da poderosa mão de Deus, para que ele os exalte no tempo devido.” - I Pe. 5:6


Declare: “Eu não sou maior do que Jesus, e Ele lavou os pés dos seus discípulos. Ele se humilhou, “tomou a forma de servo (escravo)” e SERVIU acima de tudo. Ele mesmo disse que veio para servir e não para ser servido. Eu quero aprender a SERVIR e, assim, manifestar o fruto do Espírito, viver a vida de Jesus, de tal maneira que “seja Ele a viver em mim”. Assim serei feliz (bem-aventurado) e terei o CARÁTER do meu Mestre e Senhor.