Nome da Igreja Local e Seus Significados

1. COMUNIDADE:
– como indicação de um grupo que anda mais junto, se reunindo num local quando em celebração total ou parcial, e como parte da IGREJA da cidade.
2. CRISTÃ:
– evitando o termo “evangélico” por causa do desgaste que essa palavra tem recebido no mundo e porque a palavra indicaria todos os que seguem o Evangelho, mesmo os que não se chamam evangélicos, mas que pretendem servir ao Senhor do Evangelho;
– evitando o “carimbo” que denota separação ou divisão de outras partes do corpo, anulando todo julgamento de nossa parte e, também, como resultado, o julgamento de parte de outros em relação a nós;
– como indicação do Senhor (Jesus Cristo) a quem seguimos, indicando que somos pequenos “cristos”, fazendo ou buscando fazer o que Cristo faria se andasse em nossos passos.
3. PORTO ALEGRE:
– nunca “em” ou “de” Porto alegre, pois não pretendemos ser “os” representantes da Igreja da cidade nem “os melhores” em coisa alguma;
– profeticamente em relação à cidade a que fomos chamados para trabalhar, a qual queremos que seja conquistada para o nosso Rei;
– profeticamente em relação à “Igreja da cidade” por causa dos objetivos que o Senhor colocou em nosso coração de “SERVIR” a todo o Corpo da cidade, inclusive recuperando, tratando, restabelecendo os que estão em alguma situação difícil (às vezes até insuportável) e que congregam em outras congregações;
– representando a nossa identificação com a cidade, levando-nos a amar a cidade (e cada cidadão dela) a ponto de buscar com todas as nossas forças (unidos ao Espírito de Deus) a “salvação” da cidade, a ponto de que o “Reino e a Justiça de Deus” sejam estabelecidos de maneira total e definitiva em todos os seus termos;
– PORTO: representando que estaremos cuidando de uma parte da cidade em que pessoas virão passar um tempo, se refugiando dos “perigos do mar”, sendo bem tratados (em todos os sentidos), e seguindo o seu destino de maneira que a sua vida encontre “O CAMINHO” e seja útil aonde quer que forem; e representando também um local aonde outras pessoas estabelecem domicílio, fixando-se, formando família, produzindo frutos, hospedando os que não moram ali e servindo tanto a estes quanto aos seus “vizinhos”;
– ALEGRE: como alvo de nossa vida no Senhor, buscando agradá-LO com o nosso serviço, com a nossa fé, com a nossa adoração, com a nossa fidelidade, com a nossa alegria, vivendo a verdadeira alegria que Ele nos dá por causa da vida abundante recebida DELE a cada momento, transmitindo a alegria DELE em tudo que vivemos, CONTAGIANDO O MUNDO com a alegria do Senhor – Texto de confirmação: Sl.97:11

Paulo Eril

Postagens mais visitadas deste blog

Dia 1

Dia 2