22º Dia: 02/07 - Arrependimento

– Razões:
• Palavras pejorativas contra o povo judeu (o judeu é ladrão, mentiroso, avarento, explorador; anedotas, termos preconceituosos, etc), que têm subido aos ouvidos do Pai e levado profunda tristeza ao coração do Eterno ("Afaste da sua boca as palavras perversas; fique longe dos seus lábios a maldade." Provérbios 4:24; Do fruto da boca enche-se o estômago do homem; o produto dos lábios o satisfaz.
A língua tem poder sobre a vida e sobre a morte; os que gostam de usá-la comerão do seu fruto. Provérbios 18:20,21; Mas eu lhes digo que, no dia do juízo, os homens haverão de dar conta de toda palavra inútil que tiverem falado. Pois por suas palavras você será absolvido, e por suas palavras será condenado". Mateus 12:36,37 e principalmente O homem bom tira coisas boas do bom tesouro que está em seu coração, e o homem mau tira coisas más do mal que está em seu coração, porque a sua boca fala do que está cheio o coração". Lucas 6:45).

Clame ao Pai por perdão e purificação no falar: “Põe guarda, Senhor, à minha boca; vigia a porta dos meus lábios.” - Salmos 141:3. 

Postagens mais visitadas deste blog

Festa dos Tabernáculos!