12 Dias Para Ajustar a Identidade e Posicionar-se no Corpo

Dia 08 (04.04)

À medida que eu conheço o meu Pai, a minha IDENTIDADE vai se estabelecendo e consolidando

– Ler II Sm. 7, II Co. 6:14 a 7:16

“Quan­do a sua vida chegar ao fim e você descansar com os seus antepassados, escolherei um dos seus filhos para sucedê-lo... e eu firmarei o trono dele para sempre. Eu serei seu pai, e ele será meu filho. Quando ele cometer algum erro, eu o punirei com o castigo dos homens, com açoites aplicados por homens. Mas nunca retirarei dele o meu amor, como retirei de Saul... o seu trono será estabelecido para sempre.” “Então o rei Davi entrou no tabernáculo, assentou-se diante do Senhor, e orou: Quem sou eu, ó Soberano Senhor, e o que é a minha família, para que me trouxesses a este ponto?... Quão grande és tu, ó Soberano Senhor! Não há ninguém como tu, nem há outro Deus além de ti, conforme tudo o que sabemos.” “...saiam do meio deles e separem-se, diz o Senhor. Não toquem em coisas impuras, e eu os receberei e lhes serei Pai, e vocês serão meus filhos e minhas filhas, diz o Senhor todo-poderoso.” “A tristeza segundo Deus não produz remorso, mas sim um arrependimento que leva à salvação, e a tristeza segundo o mundo produz morte. Vejam o que esta tristeza segundo Deus produziu em vocês: que dedicação, que desculpas, que indignação, que temor, que saudade, que preocupação, que desejo de ver a justiça feita!.. Por isso tudo fomos revigorados. Além de encorajados, ficamos mais contentes ainda ao ver como Tito estava alegre, porque seu espírito recebeu refrigério de todos vocês.”

Há uma herança prometida para os verdadeiros filhos de Deus (huios), aqueles que são maduros a ponto de manifestar o CARÁTER DE CRISTO em suas atitudes, a tal ponto que Suas promessas alcançam os nossos descendentes. Uma das características do filho maduro é a ADORAÇÃO após receber a promessa de Deus. Ou seja, a minha identificação com Cristo inclui uma vida de fé, e eu ADORO antes mesmo de ver manifestada a bênção, pois confio que o meu Deus é fiel e não mente em situação e em tempo nenhum, Ele sempre cumpre o que promete. O filho maduro (huios) não se contamina com a sujeira deste mundo, pois ele já sabe discernir entre o bem e o mal, e esse discernimento não é aquele conhecimento recebido da árvore da ciência do bem e do mal, mas o resultado da seiva santa que corre dentro da ÁRVORE DA VIDA, a VIDEIRA VERDADEIRA, JESUS, por isso Deus diz que ‘lhes receberá e lhes será Pai’!

Declare: “Eu sou FILHO(A) do Deus Criador e Todo-poderoso (Todo-suficiente), e cada dia me entregarei àquele que me deu (nova) VIDA. Quero, com todas as forças, me humilhar e SER CORRIGIDO pelo meu Pai, porque o meu maior desejo é AMÁ-LO, SERVÍ-LO, HONRÁ-LO, e farei isto sendo parecido com Ele, com um verdadeiro FILHO!

Postagens mais visitadas deste blog

Festa dos Tabernáculos!